Publicado segunda-feira 14 maio, 2012
Leia mais sobre Aracaju

Jovem é assassinado a tiros dentro de casa no João Alves

Comunidade teme ação da quadrilha do suposto tráfico de drogas

Por Cássia Santana - Infonet

O jovem Willans Andrade, 25, foi assassinado a tiros em plena rua por volta das 11 deste domingo, 13, no Conjunto João Alves Filho, no município de Nossa Senhora do Socorro. O crime foi praticado por volta das 11h da manhã a pouca distância do imóvel onde funciona uma Delegacia de Polícia.
Na comunidade, todos apontam o autor do crime e são unânimes em informar que o assassinato está associado ao tráfico de drogas. Willames era conhecido no bairro como “Neguinho do Back” e a família o reconhece como dependente químico. “Ele usava drogas, mas não fazia mal a ninguém. Era um menino muito bom”, diz a mãe, cuja identidade será preservada.

fotos jovem corpo joao alves Jovem é assassinado a tiros dentro de casa no João Alves

Corpo de vítima fica estendido na sala (Fotos: Portal Infonet)

“Neguinho do Back” foi assassinado de forma fria. O criminoso já chegou anunciando a vingança: “seu nego safado, seu fuleiro, mais uma vez você deu um ganho na minha droga. Não te disse que ia te matar?”. Esta seria a frase pronunciada pelo executor, segundo informações da aposentada Hilda Gonçalves, proprietária da residência, onde “Neguinho do Back” tombou morto depois de alvejado por vários tiros.

Dona Hilda já teve a residência furtada pela quinta vez e aponta supostos traficantes que teriam ligação com “Neguinho do Back”. “Ele morreu no mesmo lugar que ele me roubou”, acusa a aposentada. Segundo testemunhas, a vítima estava sentada na calçada da casa de dona Hilda Gonçalves quando um rapaz conhecido como “Del” se aproximou armado, destilando ódio e encorajado pelo espírito de vingança. “Ele começou a atirar aqui, entrou em toda a minha casa atirando e ‘Neguinho’ caiu aqui”, conta a aposentada, indicando a “divisa” entre o quintal do imóvel onde reside e a área do vizinho. “Faltou pouco pros tiros atingir minha neta, que estava próximo ao armário [da cozinha – o móvel foi perfurado por um dos projéteis]”, conta desesperada, dona Hilda.

Já morto, Willames foi carregado por vizinhos, que o transportam do quintal até a sala da residência de dona Hilda, onde o corpo permaneceu até a remoção feita pelo Instituto Médico Legal (IML).

Temor

“Neguinho do Back” foi executado em uma localidade conhecida como Rua do Sal, bem próximo à residência da mãe. Uma criança desabafou, em conversa com o Portal Infonet, e disse, ainda em estado de choque, que o criminoso jogou a arma no chão depois do crime e fugiu, mas uma mulher, que seria companheira do apontado pela execução, teria pego a arma e teria corrido para escondê-la. Versão ainda não confirmada pela polícia.

A comunidade teme os efeitos de uma suposta guerra do tráfico de drogas naquele bairro. Os moradores não querem ser identificados e reclamam da falta de segurança. Até adolescentes, segundo declarações de moradores, fazem ameaças constantes. “Eles ficam ameaçando a gente, dizendo que vão meter bala e incendiar nossas casas, ficam aqui direto e ninguém faz nada. A delegacia [de polícia] fica logo ali e nada é feito por nossa segurança”, fala uma moradora, que, como os demais, preferem o anonimato.

Acompanhe nossas notícias no twitter, facebook ou via RSS.
Envie sua matéria para: redacao@sergipehoje.com.br

Comente:

veja também
Rádio JUVENTUDE FM 104,9
Minimercado Costa
Rádio Nova Cidade AM 1.480 KHZ
Enviar matéria Marquinhos Gravações Comércio Sergipano GeraLinks - Agregador de links