Compartilhar no WhatsApp

A imprudência continua sendo a principal causa dos acidentes no trânsito de Aracaju. É o que mostra um levantamento da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT). Nos 20 primeiros dias deste ano, 150 ocorrências foram registradas na capital sergipana, sendo quatro deles com vítimas fatais. Na maior parte dos casos, o excesso de velocidade é apontado como fator determinante.

Excesso de velocidade ainda é principal causa de acidentes graves em Aracaju
Excesso de velocidade ainda é principal causa de acidentes graves em Aracaju
André Moreira/PMA

De acordo com a autarquia, 1.832 motoristas foram flagrados trafegando acima da velocidade máxima permitida nas vias de Aracaju só nos 15 primeiros dias de 2022.

Continua depois da publicidade

Nesse mesmo período, 444 veículos foram flagrados avançando semáforos e 113 pessoas flagradas conduzindo veículos com aparelho de celular em mãos. Essas atitudes, além de serem infrações previstas no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), aumentam as chances de ocorrência de acidentes graves.

“A falta de conscientização e a imprudência continuam sendo o grande problema no trânsito. É preciso haver uma mudança de comportamento. Quando uma pessoa circula com veículo acima da velocidade máxima permitida, mistura álcool e direção e desrespeita as sinalizações, ela está cometendo infrações graves e colocando em risco a vida dela e de outros”, diz o superintendente da SMTT, Renato Telles.

Quem é flagrado dirigindo acima da velocidade está sujeito à multa de R$ 195,23 mais 5 pontos na carteira de habilitação.

De acordo com a SMTT, visando a segurança do trânsito da capital tem sido feita a implantação ou reforço das sinalizações, além do recapeamento asfáltico em ruas e avenidas, ações educativas, fiscalizações e o monitoramento.

“As sinalizações, por exemplo, são fundamentais. Seja com a instalação de placas ou pintura de sinalização horizontal. Mas ressaltamos, novamente, a importância de uma mudança de comportamento no trânsito para reduzirmos os acidentes”, afirma Renato Telles.

Em 2021, mais de 500 placas de sinalização foram instaladas na cidade pela SMTT e 873 faixas de pedestres foram pintadas em diversos pontos da cidade. O órgão municipal também propôs readequações viárias.

Por F5 News