Compartilhar no WhatsApp

Nos últimos dias, a imprensa sergipana noticiou a visita do governador Belivaldo Chagas ao escritório político do deputado federal Gustinho Ribeiro. A partir daí surgiu o convite para Gustinho ingressar no PSD, partido do governador. Com isso, os irmãos Fábio e Sérgio Reis acusaram o golpe e fizeram publicar matéria em um site, até outrora registrado no nome de Sérgio Reis, demonstrando claramente o desespero que os irmãos Reis estão passando com a ascensão política do deputado federal Gustinho Ribeiro.

deputado federal Gustinho Ribeiro (Foto: Assessoria Parlamentar)

O convite pessoal feito pelo governador Belivaldo para que Gustinho Ribeiro integrasse a base governista e a chancela do deputado federal Fábio Mitidieri deixaram os irmãos Sérgio e Fábio Reis muito enfurecidos.

Continua depois da publicidade

Porém, todo Sergipe sabe que Gustinho Ribeiro é aliado de primeira hora do prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, e, afirmam seus assessores, irá esperar a definição de Edvaldo para definir o seu caminho. Convites, Gustinho Ribeiro tem muitos, seja de Edvaldo, Belivaldo ou Rogério. Ele inclusive foi sondado para o Senado, tanto na chapa de Rogério, quanto na de Edvaldo.

Deputado federal de primeiro mandato, Gustinho Ribeiro tem se destacado pelo impressionante volume de recursos trazidos para Sergipe e também pela forte articulação em Brasília. Além disso, sua esposa, Hilda Ribeiro, comanda a prefeitura e o maior colégio eleitoral do interior.

Em recentes articulações, o deputado federal Gustinho Ribeiro montou uma competitiva chapa para a Câmara Federal. Tudo indica que o partido fará 2, podendo chegar a 3 deputados eleitos.

Enquanto isso, os seus adversários locais, os irmãos Reis, não sabem para onde vão. Já declararam apoio à Fábio Mitidieri e o mesmo não conseguiu crescer nas pesquisas em Lagarto. Deve ser por isso que os Reis tem tanto medo da volta de Gustinho Ribeiro para o grupo que outrora liderou na Assembleia Legislativa, no então governo Marcelo Déda.

Por Assessoria