Compartilhar no WhatsApp

Manifestantes invadiram um prédio da Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso), no município de Pinhão, na manhã desta quarta-feira (16). Eles cobram abastecimento regular de água.

Prédio da Deso no município de Pinhão — Foto: Edson Dantas

Agora eles se concentram na rodovia estadual que dá acesso à cidade de Pinhão.

Continua depois da publicidade

Segundo os manifestantes, algumas localidades do município estão sem água desde o mês de dezembro. Revoltados, eles atearam fogo em pneus e as chamas atingiram a parte externa do prédio. A informação foi confirmada pela Polícia Militar.

Rodovia estadual que dá acesso ao município de Pinhão — Foto: Edson Dantas

O superintendente de Operações do Interior da Deso, Marcos Roberto Carvalho, informou que o município de Pinhão é abastecido pela adutora do São Francisco e que a vazão foi reduzida pela metade desde o mês passado. Ele informou ainda que tem uma equipe avaliando a situação desde o dia 15 de janeiro para ver o que está obstruindo a passagem de água pela rede.

O superintendente destacou também que está em andamento uma obra de duplicação da adutora do São Francisco, entre os municípios de Nossa Senhora da Glória e Pinhão. Segundo ele, a obra já foi concluída em 60%. A expectativa é que após a finalização total, o abastecimento no município de Pinhão melhore.

Por G1 SE