Compartilhar no WhatsApp

O homem suspeito de se envolver em um acidente de trânsito, em Aracaju, que matou o empresário e ex-candidato a prefeito da capital sergipana, João Paes da Costa, conhecido como João Tarantella, foi identificado nesta sexta-feira (25) pela Polícia Civil.

João Tarantella — Foto: Reprodução/TV Sergipe/Arquivo

O acidente ocorreu no dia 11 de janeiro, na Avenida Etelvino Mendonça. O empresário estava em uma moto e o suspeito em um carro, quando ambos colidiram lateralmente. Tarantella caiu e o outro motorista não prestou socorro [veja vídeo acima].

Continua depois da publicidade

O homem admitiu ser o condutor do carro no dia do acidente. Ele relatou que percebeu um choque, mas que já tinha feito a conversão à direita e, quando olhou pelo retrovisor, não percebeu o acidente. O depoimento ocorreu na Delegacia Especial de Delitos de Trânsito, de onde o homem foi liberado em seguida.

Para chegar à identificação do condutor, os investigadores filtraram 83 veículos com o mesmo padrão do carro envolvido no acidente.

A delegada Daniela Lima Barreto, responsável pelas investigações, informou que a identificação do condutor encerra a primeira fase dos trabalhos. A partir de agora, o inquérito policial vai se concentrar na elucidação das responsabilidades relacionadas ao caso. Para isso, a Polícia Civil aguarda a conclusão dos laudos periciais e de algumas diligências.

Relembre

João Taratella foi socorrido e levado para o Hospital de Urgências de Sergipe Governador João Alves Filho (Huse), onde morreu no dia 15 de janeiro, em decorrência de traumatismo craniano grave.

Natural de Itabaiana, o empresário do setor de alimentos, também foi candidato a vereador e a prefeito de Aracaju. Ele deixou esposa, uma filha e dois netos.

Por G1 SE