Compartilhar no WhatsApp

Trabalhadores rodoviários de três empresas de ônibus do Grupo Progresso paralisaram as atividades na capital. A informação foi confirmada nesta pelo Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário de Aracaju (Sintra).

Continua depois da publicidade

Desde às 20h desta segunda-feira (31), 125 veículos estão parados. Os motoristas cobram dois meses de salários atrasados, férias atrasadas, além da revisão de salários sem aumento há dois anos. Ainda não há previsão para retorno das atividades.

De acordo com o Grupo Progresso, os salários dos rodoviários ainda não foram pagos devido a um bloqueio judicial ocorrido nas contas da empresa.

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), marcou uma reunião de urgência com todas as empresas para tentar resolver a situação e entrou em contato com as demais empresas que fazem parte do sistema de transporte coletivo para que ônibus extras sejam colocados em operação para amenizar os prejuízos causados pelas linhas que foram afetadas pela paralisação.