Compartilhar no WhatsApp

A mãe não quer ser identificada, com medo da exposição da família. Ela denuncia um abuso sexual que a filha de cinco anos teria sofrido pelo próprio pai.

Em Sergipe, mãe denuncia que filha de cinco anos foi estuprada pelo próprio pai

O casamento durou 11 anos, juntos, tiveram dois filhos. No entanto, o relacionamento acabou após o suposto caso de estupro.

Continua depois da publicidade

Era o dia 22 de maio deste ano, quando a família foi à uma lanchonete. No local, o pai pediu que a filha se sentasse próximo a ele, no entanto, ela recusou, preferia ficar afastada. Com a negativa, ele disse para a menina: “quando chegar em casa, você vai ver, vou te torturar”.

De acordo com a mãe, após o lanche, eles foram para a residência. Lá, ele teria tirado o short e ficou de cueca, circulando pela casa. Segundo a denunciante, ela deu banho nos dois filhos e os organizou para dormir. Em seguida, enquanto estava no banheiro, ouviu dois gritos da filha.

Ao sair do banho, a garota falou que as partes íntimas estavam doendo, além de estarem avermelhadas. “Eu não sabia o que fazer, só queria aliviar a dor de minha filha, mas fiquei com medo”, explicou a mulher, complementando que o homem usa drogas e é agressivo.

“Ela [filha] falava: ‘meu pai tocou com o dedo e está doendo demais, mamãe’ […] mas ele ameaçou que se ela contasse, ia fazer a mesma coisa com o irmão”, detalhou.

No dia seguinte, ela levou a menina ao médico, realizou a denúncia contra o esposo, de quem agora está separado, e espera justiça.

Fonte: A8SE