Compartilhar no WhatsApp

O número de assaltos a ônibus caiu 35,96% na Região Metropolitana de Aracaju entre 2021 e 2020, segundo balanço do Setransp divulgado pela Secretaria da Segurança Pública (SSP-SE) nesta sexta-feira (7).

Pedro Ramos/Arquivo F5News

Em termos reais, significa que um total de 73 ações criminosas foram registradas ao longo do ano passado no serviço de transporte público, contra 114 ocorrências nos 12 meses do ano anterior.

Continua depois da publicidade

O acompanhamento do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Aracaju (Setransp) aponta que os meses de junho, julho e setembro foram os mais violentos para o setor em 2021. Não houve nenhum mês em que não tenha ocorrido assalto em veículos do transporte coletivo, mas a incidência mantém uma tendência de queda há seis anos.

O levantamento do Setransp enfatizou que em relação ao ano de 2016, quando ocorreram 1.628 investidas criminosas contra o transporte coletivo, a queda chega a 95,52%. Isso significa que o ano passado foi o menos violento da série histórica quando comparado ao período de maior incidência de crimes desse tipo no serviço que atende mais de 160 mil pessoas ao dia na Grande Aracaju. 

Na ótica do secretário da SSP-SE, João Eloy de Menezes, a integração entre as polícias Civil e Militar é um dos fatores determinantes no enfrentamento à criminalidade. “Temos equipes nas ruas fazendo abordagens e policiamento ostensivo e temos equipes investigando, identificando criminosos e mapeando áreas”, citou.

O gestor também indicou que o Setransp tem oferecido suporte adequado às forças de segurança para repressão da violência no serviço. “Nos reunimos constantemente com os representantes do Sindicato e eles entenderam que era primordial a melhoria das imagens das câmeras e o rápido repasse dessas informações para que pudéssemos ampliar as nossas ações de segurança pública”, disse Eloy.

Por Will Rodriguez F5News