Compartilhar no WhatsApp

O município de Telha registrou transtornos, nesta sexta-feira (21), com alagamentos provocados pelo aumento da vazão do Rio São Francisco. O alerta da possibilidade de cheias já havia sido dado pela Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf).

Cheia do Rio São Francisco: Município de Telha registra transtornos com alagamentos
Cheia do Rio São Francisco: Município de Telha registra transtornos com alagamentos

Até o dia 24 a vazão da Hidrelétrica de Xingó deve aumentar para 4 mil metros cúbicos por segundo. O aumento foi anunciado pela Chesf, em 11 de janeiro, através de uma carta circular.

Continua depois da publicidade

Segundo a Chfesf, as cheias no rio são decorrentes das fortes chuvas em Minas Gerais, onde o Rio São Francisco nasce. Até o dia 24 a vazão deve chegar até 4 mil metros públicos por segundo.

A Prefeitura de Telha informou que há mais de duas semanas a Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (COMPDEC) vem notificando os donos de residências, bares e restaurantes sobre o risco de inundação da localidade.

A administração municipal disse ainda que vem dando total assistência para retirada de utensílios e maquinários dos comerciantes que estão instalados na região e que está acompanhando todo o processo de cheia do rio.

Alagamentos provocados por cheia do Rio São Francisco em Sergipe — Foto: Prefeitura de Telha

Munícipios que foram alertados sobre possível alagamentos:

  • Amparo do São Francisco
  • Brejo Grande
  • Canhoba
  • Canindé do São Francisco
  • Gararu
  • Ilha das Flores
  • Monte Alegre de Sergipe
  • Nossa Senhora de Lourdes
  • Nossa Senhora da Glória
  • Neópolis
  • Poço Redondo
  • Porto da Folha
  • Propriá
  • Telha

Por G1 SE