Compartilhar no WhatsApp

Os servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em Sergipe aderiram à greve nacional nesta segunda-feira, 28. A informação foi passada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Saúde, Trabalho e Previdência Social (Sindprev-SE).

Ato foi realizado na manhã desta segunda-feira, 28, na Av. Ivo do Prado, em Aracaju. (Foto: Ascom/Sindprev)

Um ato de greve está sendo realizado na manhã desta segunda-feira, 28, na agência do INSS na avenida Ivo do Prado, em Aracaju.

Continua depois da publicidade

De acordo com o coordenador do (Sindprev-SE), Joaquim Antônio, a greve ocorre para que o Governo Federal atenda as demandas da categoria.

“A gente está em greve por conta de concurso público, abertura das agências do INSS, reestruturação do INSS e reposição da inflação dos três anos. Nós temos hoje 18 estados em greve em todo o Brasil e aguardamos ser recebidos pelo Governo para resolver essa situação. Temos quase 3 milhões de solicitação de benefícios que estão parados ou atrasados por falta de servidor. É a maior fila que a gente tem em toda a história do INSS. Se não houve concurso público a gente não tem como atender essa demanda”, disse Joaquim.

Por conta da greve, alguns serviços estão comprometidos. “O atendimento feito hoje na agência do INSS é um atendimento mínimo que está mantido, pois temos hoje funcionários da DataPrev e da Infraero que continuam fazendo esse atendimento. Só que os processos de benefícios só são usados pelos servidores de carreira. A greve acontece por tempo indeterminado”, completou Joaquim. Ainda segundo o Sindprev, outros atos serão realizados nesta semana nas agências do INSS localizadas em Sergipe.

Portal Infonet entrou em contato com a direção do INSS que informou que não vai se manifestar sobre a greve.

Por Milton Filho e Aisla Vasconcelos Infonet