Compartilhar no WhatsApp

Um homem foi preso durante a ‘Operação Perfil Fake’ realizada na cidade de Senador Canedo, Região Metropolitana de Goiânia (GO), nesta quinta-feira (26). Ele é suspeito de liderar um grupo especializado na aplicação de ‘golpes do novo número’ contra autoridades de Sergipe, entre elas: juízes, desembargadores, médicos, dentistas e empresários, com prejuízo estimado de R$40 mil.

Continua depois da publicidade

De acordo com a delegada Lauana Guedes, os suspeitos se passavam pela vítima criando um perfil falso para pedir dinheiro. Uma delas chegou a transferir a quantia de R$10 mil às contas indicadas.

Os golpistas utilizavam de fotografias […] alegando ter mudado de número e pedir dinheiro aos contatos próximos. O líder ficava como uma espécie de mentor, planejando os golpes. O grupo chegou a fazer cerca de 30 vítimas em Aracaju.
disse a delegada.

As investigações foram iniciadas há dois anos e culminaram na identificação do grupo, chegando à localização da base da associação em Goiás. A apuração, por sua vez, continua em andamento. Denúncias e informações podem ser repassadas por meio do Disque 181.

Fonte: A8SE.com