Compartilhar no WhatsApp

O sinal de alerta para o surgimento de um novo tipo de hepatite foi disparado nesta quarta-feira, 11, para toda rede de saúde de Sergipe. A doença, que até então vem sendo chamada de ‘hepatite misteriosa’, está se alastrando pelo mundo e já tem 16 casos suspeitos no Brasil, atingindo principalmente crianças.

Secretaria de Saúde emite nota técnica alertando sobre hepatite misteriosa em Sergipe

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) emitiu uma nota técnica explicando os sintomas e instruindo os profissionais de saúde para que façam a notificação, assim que se depararem com um caso suspeito. Essa hepatite tem como sintomas icterícia, diarreia, vômitos e dores abdominais.

Continua depois da publicidade

De acordo com a secretária de Estado da Saúde, Mércia Feitoza, Sergipe ainda não tem casos suspeitos, mas o momento já deve ser de vigilância. “Emitimos essa nota técnica para toda a rede de assistência, para estarem em alerta sobre essa nova condição em que estamos vivendo. Explicamos toda sintomatologia e a importância da notificação”, explica.

O que já se sabe sobre a nova hepatite é que ela não é provocada pelos mesmos vírus das demais hepatites. Atualmente estudos estão sendo realizados em ritmo acelerado para investigar a relação da doença com o adenovírus e a infecção pela Covid-19.

Nos países onde já foi detectada, a doença se desenvolveu de forma mais aguda em crianças, chegando a provocar mortes.